01 outubro 2010

CONHECER PARA AMAR

Conhecer para amar, é o produto de uma atividade de aprendizagem vivenciada na E.E.B. Conselheiro Manoel Philippi que reuniu o conhecimento acerca dos conceitos científicos das disciplinas de História, Literatura e Geografia com o conhecimento sobre o lugar onde se vive. Numa já conhecida história de sucesso no trabalho com a mídia vídeo (Massacre na Serra da Garganta/2005, os alunos e professores produziram uma forma de aprender os conceitos da escola com o aprender sobre o seu município. Desta atividade surgem relações intrínsecas entre a escola e as comunidades, aprendendo, transformando e socializando o conhecimento por meio de uma produção que integra duas linguagens distintas: dramatização e documentário. É mais um desafio proposto e superado pelos professores, estudantes e comunidades.


10 comentários:

Ricardo Fernandes Braz disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Irene C. Althof disse...

Caros colegas, confesso que fiquei muito emocionada quando do lançamento do vídeo para os alunos. O olhar fixo de cada criança, a emoção ao se ver na tela representando um personagem da história do seu município, as belezas naturais que muitas vezes passam despercebidas por eles... O que importa agora é que a escola busca a melhoria da qualidade na educação. Os professsores da EEB. Conselheiro Manoel Philippi de Águas Mornas sabem que as mídias contribuem muito no processo de ensino e aprendizagem e desenvolvem projetos maravilhosos. Nós sabemos o quanto foi difícil contribuir neste processo mas com a força de vontade de todos nós, dos professores, dos alunos, da comunidade de Águas Mornas,dos parceiros da escola, finalmente aí está o tão sonhado filme/documentário: Águas Mornas: conhecer para amar.

Rodrigo Rocha disse...

Olá passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, espetacular com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
Um grande abraço e tudo de bom

Luiz N.Vieira disse...

Perfeitamente Irene!
É gratificante perceber a alegria contagiante de todos que direta ou indiretamente contribuiram para que este evento tornasse realidade. Sabemos que temos muito a contribuir, basta que tenhamos forças suficiente para suportar novos desafios. Esperamos que no futuro bem próximo possamos dar continuidade nos projetos de integração das mídias que na nossa concepção, contribuem muito no processo de ensino e aprendizagem.
Abraços
Luiz

Luiz N.Vieira disse...

Olá Rodrigo Rocaha!
Espero não fique apenas na passagem.
Sinta-se à vontade!
Abraços
Luiz

Luiz N.Vieira disse...

Sem comentários...!
Luiz

Ricardo Fernandes Braz disse...

Oi Luiz. Fiquei muito feliz por esse trabalho, pois nele fundamentamos nossas teorias de que é na Atividade com interação das tecnologias (mídias e multimídias) que potecializamos o processo de ensino e de aprendizagem, pela participação dos educandos e da comunidade em torno da escola. Também nele vivenciei a garra de nossos professores, que por conta própria, fazem da Escola Pública um lugar melhor. E por fim, mas não em ordem de importância, agradecer por ter partilhado essa experiência contigo, Luiz, a Irene e em parte com o Eugênio. Sabedor do nosso esforço pessoal neste intento, sinto que em nossas diferenças de humor, concepção de ensino, metodologias que vivenciamos e respeitamo-nos nessa diversidade. Outrossim sabemos que nosso diálogo com a escola se deu graças a nossa proposta de trabalho, por mérito nosso e não, infelizmente, de uma política pública de nossa Secretaria. Um abraço.

Luiz N.Vieira disse...

Ricardo!
Sabemos que muitas ações deixaram de ser concretizadas pelo fato desta gestão não ter oprotunizado uma política de tecnologias educacionais em nosso estado. Infelizmente existem interesses políticos que acabam desfragmentando nossas ações, mesmo assim, é preciso estar atento paara que continuemos a seguir sempre em frente! Valeu e um forte abraço!
Luiz

TEREZA VENTURA disse...

A Escola de Educação Básica Conselheiro Manoel Philippi, agradece a produção do filme: Conhecer para Amar, os amigos: Irene, Ricardo, Luiz e Eugenio que apesar das condições com que trabalham puderam nos presenciar com este belo filme/documentário. A Professora Luceli e aos Professores Sérgio Murilo, Alvimar, Renato, aos estudantes que protagonizaram o documentário, que mais uma vez concretizaram um sonho e projetam a escola de uma forma reveladora na sua função social. Todos prestaram um serviço ao município e a escola reforçando o aspecto de cidadania no meio pedagógico. Parabéns!

Luiz N.Vieira disse...

Tereza Ventura!
E digo mais!
Não tenho dúvida de que o processo de aprendizagem aconteceu com a participação efetiva dos educandos. Tanto na execução da atividade, como no replanejamento efetiva das ações.
Abraços
Luiz