29 abril 2013

Admirável mundo novo chegou!


Por Márcio Costa
    
      Uma grande dicotomia paira no ar... Em qualquer sentido que queiramos abordar haverá sempre um confronto entre o individual e o coletivo; é parte da síntese primordial humana, nossos genes!
        Ao longo dos milhares de anos de vida evolutiva neste planeta, podemos constatar claramente que estes dois preceitos sempre se embotaram em uma perspectiva onde o resultado da ação sempre pendeu claramente para o espaço coletivo! Todas as tentativas de se individualizar a construção de um modelo, uma progressão evolucionista dentro de uma espécie, esta foi posta a toda a sorte e dissabores de seu meio e quase sempre o resultado foi a sua extinção. 
       O que se pode realizar em um milhão de anos, cem anos de mãos compartilhadas o farão... Não tenham dúvidas quanto a esta afirmação, toda a teoria da administração baseia-se neste ajuste fino para que tudo aconteça com a máxima eficiência, eficácia e fluidez possível.
        O mundo mudou! Alguém tem dúvidas sobre isso? Há apenas 30 anos atrás, idos anos 80, século passado, a história era escrita, passada de uma forma completamente diferente da que vivenciamos hoje. Um verdadeiro mundo paralelo foi criado, uma existência intangível, uma multiplicação de nossa própria imagem e pensamento e nossas relações com tudo e com todos; o mundo virtual é uma realidade tão impactante em nossas vidas como fora o domínio sobre o fogo em um passado distante! 
       O tempo hoje nos parece acelerado, não mais o percebemos passar, o nosso dia-a-dia se modificou! Onde quer que estejamos, nossos pensamentos não se atém somente àquela realidade sensorial pela qual experimentamos, o nosso mundo real. Mas estamos em toda a parte, multiplicados dezenas, milhares de vezes pelo espaço virtual, a transcendência que nos conecta e nos relaciona para um sem fim de possibilidades! Nestes instantes, não mais percebemos a vida, o tempo passar da mesma forma como antes, o mundo acelerou-se e sempre existirá "um de nós" em algum lugar "requisitando a nossa presença" e nos transformando em uma realidade desconcertante!
Estamos pelo celular falando com todos onde quer que estejamos, ou uma representação nossa em alguma rede social, um e-mail, uma transmissão de vídeo, vlogs, blogs, chat, um espaço colaborativo, reunião de negócios, escritórios virtuais, uma aula online enquanto nossos corpos descansam sobre o banco de uma praça, não mais a ver transeuntes passar, os pombos a procurar alimentos ou a sentir o calor do sol em nossos corpos; a mente estará longe... 
        Andy Warhol, nos idos anos 60 e do boom da televisão sobre os meios de comunicação nos profetizou algo que hoje eu tenho a audácia de corrigir. Ele disse que um dia todos teríamos direito a 15 minutos de fama, eu acho que hoje, todos terão direito a um milhão de "views"!
       Da mesma forma que a tecnologia avança fronteiras propiciando hardwares e softwares cada vez mais fantásticos e multiplicando cada vez mais a afirmação do ambiente virtual, um verdadeiro e caudaloso rio de possibilidades nos é desperdiçado a cada instante, vertendo suas águas ao mar sem que este conhecimento seja retido, multiplicado e transformado na fonte para o amanhã, a próxima aurora do conhecimento humano.
  Stephen Hawking prediletou nossas existências futuras cada vez mais imersas na virtualidade e ninguém escapará deste fenômeno ou pagará um caro preço social, a desconexão do mundo, ou dos mundos! A educação nunca teve uma janela de oportunidade tão escancarada e aberta para avançar e mergulhar sem destemor às possibilidades que se abrirão, quanto a que hoje vivenciamos e este não será simplesmente um trem que se perde ou que se toma; mas a nave que nos levará a uma jornada através do tempo! A multiplicação do saber, daquilo que é a única forma pela qual poderemos nos redimir um dia; propiciar as verdadeiras  oportunidades através do conhecimento! Este é o papel da educação que sempre foi e será a vanguarda do conhecimento e todos os seus meios para a propagação e a construção de um novo espaço coletivo dentro da perspectiva que hoje a tecnologia nos oferece de melhor no ambiente virtual. Não podemos deixar de oportunizar esta janela a todos os jovens e crianças que, de uma forma ou de outra, inexoravelmente, se não pela educação, estarão entrando nesta realidade por outros interesses, o admirável mundo novo chegou!

6 comentários:

Márcio Costa disse...

Meu espaço de variedades na Revista Virtual Obvious: http://lounge.obviousmag.org/zenite/autor/

Grato mais uma vez pela oportunidade Mestre Luiz Napoleão, o blog Cultura na Rede é que é Impredível!

adamariza disse...

Texto maravilhoso !!!!
ada

Elisete disse...

O mundo gira, o tempo muda, as inovações estão ai, precisamos estar plugados para acompanhar esse frenesi, buscando sempre a qualificação e o aproveitamento de todas as experiências novas e inovadoras. Belo texto, nos faz repensar e reagir/interagir mais sempre!
Abraços

Luiz N. Vieira disse...

Marcio, sua forma expressiva de pontuar elementos significativos para ampliar discussōes é algo notåvel. (o_O). Parabéns pela obra.
Luiz napoleao Vieira

Luiz N.Vieira disse...

Ada!
É isso mesmo o texto de Márcio Costa está bem pontuado e nos levam a grandes discussões.
Abraços
]Luiz[

Luiz N.Vieira disse...

Elisete!
Como sempre sua participação nos diálogos aqui no Cultura na rede contribuem muito para que possamos da sabor especial nas discussões!
Abraços
Luiz n vieira