02 dezembro 2010

ESTAMOS EM FESTA!
COMEMORE CONOSCO!




Assista o vídeo
Clique aquí

Trata de uma experiência muito bem sucedida de inclusão digital na Índia, que vale a pena confrerir.


Foto e arte: Ricardo Fernades Braz
A fronteira tecnológica é uma linha tênue entre a capacidade de expandir conhecimentos e paradoxalmente segregá-los... Em qualquer sociedade que exista o conceito de “elite de conhecimento”, produz-se de fato o potencializador de seu próprio declínio e decadência! O conhecimento humano, como fator de inclusão e aproximação social é inexoravelmente a única saída digna planetária para a resolução de uma ampla, senão absoluta, gama de mazelas que o homem contemporâneo se habilita! Enfrentá-los é uma decisão corajosa e requer visão de longo prazo e disposição de assumir riscos além do que a prática cotidiana nos encoraja. É uma tarefa para poucos, mas que precisa se enraizar!

O documentário nos mostra que, mesmo diante de todos os contrastes sociais deste país sui generis, onde uma ampla carga de vanguarda científica se defronta diante de um gigantesco cinturão de miséria e fome de escala planetária; é preciso criar idéias hábeis e dissolver o abismo tecnológico mesmo diante das barreiras mais intransponíveis! E, brilhantemente colocado, a semelhança de contextualização da iniciativa com os desenvolvimentos naturais da manifestação humana; as crianças mimeticamente, através dos mesmo motivos que levaram os nossos antepassados a conservar a “arte do fogo”, se repetem e se observam em um contínuo e inenarrável ato de erros e acertos até o domínio de um novo horizonte que se abre, onde “se pode fazer de tudo como uma delas mesmo o define”*

Talvez, o grande desafio do homem de hoje, não seja avançar tecnologias e criar métodos heurísticos sofisticados para a percepção do mundo, mas o de simplesmente elevar o ser ao seu mais natural estado de existência, onde as fronteiras que avançarem sejam esquinas visíveis e tateáveis para cada um de nós e não uma invisível e estranha capa divisória de incluídos e excluídos não somente do saber, mas do direito de se redescobrir!


*sobre a Internet




Texto de Márcio Costa Pinho

Analista Técnico Gestão Educacional
DIOC/GETEI
Twitter:
@marciogurkhas
Facebook:

34 comentários:

Ricardo Fernandes Braz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo Fernandes Braz disse...

Oi Luiz. Parabéns pelo 3º ano do Cultura na rede também pelo seu aniversário. Parabéns também ao Márcio que timidamente se insere na equipe com seu primeiro texto nesta promoção. Quanto ao burado no muro que grande iniciativa deste hindu, que mesmo estando no outro lado do muro trouxe uma possibilidade a mais para inserir as crianças no mundo digital. No entanto, o certo mesmo e quebrar o muro, repartir todas as riquezas e parar de querer inserir os pobres a conta-gotas no mundo dos ricos, que nunca saem de trás do muro da exploração do trabalho do pobre. Para disfarçar essa exploração, inventaram que quem consome é cidadão e está inserido socialmente. Então se cria muitas outras inserções como o bolsa-família, a digital, a escolar. A única coisa que não se faz é quebrar o muro que divide pobres e ricos, ou esconde os ricos dos pobres. Não se faz a verdadeira revolução que é ter vida e a ter em abundância para todos e não somente para alguns. Já se fez revolução industrial, revolução disso, daquilo e agora a cada mês se tem uma revolução tecnológica. Só não se faz a revolução necessária que é distribuir melhor o que todos produzimos. Observe que os pobres ficam com um computador impregnado no muro enquanto isso na batcaverna alguns poucos tem a sua diposição todo um aparato em volta de um lap top. Essa inclusão é legal mas não devemos pensar em inclusão pois ainda assim, destes que usam o computador no buraco do muro, passarão pelo buraco muito apertado e excluindo e afastando-se dos muitos outros que continuarão do lado de lá. Isso é inclusão? Um abraço

Rosimeire disse...

Olá!!
Parabéns pelo 3 ano de muito sucesso e interação.
Abraços virtuais ...
Rosimeire Jacinto
NTE de Ibirama

Elizane/ NTE Canoinhas/SC disse...

Parabéns Luiz pelo 3º ano realizando este excelente trabalho, sabemos que não é fácil alimentar e obter êxito com o uso do Blog. Somente com muita dedicação e competência consegue-se permanecer... Adoro acompanhar o Cultura na Rede.
Quanto ao "Buraco no Muro", achei interessante pelo lado que mostra a capacidade do ser humano em aprender/descobrir, sem precisar necessariamente alguém ensine diretamente, por outro, concordo plenamente com o comentário do Ricardo, quando ressalta sobre a necessidade de se quebrar o muro da desigualdade social.

It's disse...

Ola luiz, parabens pela "provocação" que este vídeo trás! oi uma excelene garimpagem! Eu entendo este experimento indiano, metaforicamente. Trata-se evidentemente de uma idéia genial, hábil e criativa para a observação crítica de uma realidade defrontada em relação a uma nação cheia de contrastes e abismos como a Índia! Não é o muro que me importa, mas a oportunidade e a observação do fenômeno! o muro esta ali exatamente para chocar e demonstrar que, a tal tênue linha que separa o conhecimento e a tecnologia, ainda que esteja produzindo as elites de conhecimentos, podem facilmente ser oportunizadas diante de milhares de pessoas, no caso jovens crianças, pelo simples instinto humano de adaptação e curiosidade de sobrevivência! A experiência, no meu entendimento é apenas uma linguagem chocante que provoca e desnorteia as elites e moralmente ou éticamente nos envolve para uma construção positivista do que deve ser o conhecimento humano para todos nós!
Márcio Costa

Franz disse...

OI, Luiz! Obrigado pela visita e receba meu parabéns pelo aniversário do Blog. No meu tb. faço uma promoção semelhante no ms de aniversário.
Muito legal o lance do "Buraco no murro". Acho que o Ricardo Braz tem razão ao afirmar que deve-se derrubar o muro, mas para derrubá-lo é preciso começar por um buraco, não é?. O buraco é a semente do abismo, do desmoronamento, da derrubada.
Abraços paraônicos dessa Belém de Sol e nuvens

Liliane da Silva disse...

Olá!!!
Parabéns pelo 3º ano dessa interação cultural e tecnológica.
Com relação ao vídeo "Buraco no Muro", vejo que retrata a verdadeira relação do ser humano com o computador: CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO.

Abraços,

Liliane da Silva
NTE Caçador

Neura Meneghini Follmann disse...

Olá Luiz!!!
O Cultura na Rede como sempre "bombando", cheio de novidades, conteúdo e conhecimento. Parabéns pelo 3º aniversário!!!! O blog realmente é fantástico.
Quanto ao Buraco no Muro,também concordo com o Ricardo Braz, a dose é homeopática quando se trata de distribuição de riquezas. Estamos fazendo trabalho de formiguinhas levando formações ao professores para que estes possam "incluir" seus alunos. Mas, sabemos que há uma distância muito grande entre os que têm acesso a todo o tipo de tecnologias e aquele em que a escola é a única alternativa, e, por vezes não possibilita isso aos mesmos.
Abraço e Parabéns!!!!
Neura - NTE de Concórdia

Elisandra disse...

Congratulations Luiz!

Estamos deslumbrados com tantos avanços tecnológicos e com tantas possibilidades que as mídias trazem em todos os campos e áreas do conhecimento.Porém, o Ser Humano nunca esteve tão distante de si mesmo como nos dias atuais, aprendemos como conhecer o universo através da sofisticada tecnologia e não aprendemos o mais importante que é o autoconhecimento, ou seja, viajar em nosso mais profundo íntimo, aí com certeza muitas descobertas importantes acontecerão. Depois sim, estaremos prontos para voar sem limites e sem muros!

Um Feliz Natal!
Abraços

Carmen Barzotto disse...

Este é o Luiz, perspicaz e persistente.
Parabéns pelo aniversário do blog e pela escolha do vídeo.
Observei a animação das crianças. Quem diz que hoje elas não querem mais aprender deve assistir.
Além disso, aprender assim, além do conhecimento, traz autonomia e autoconfiança.
Um abraço.

Profª " tia " Pri disse...

Curiosamente o medo da violência tornou reféns as pessoas, em um mundo virtual relegando os seres humanos a laços imaginários...
Grata pelo convite.

esteblogminharua disse...

OI,Luiz! Mais uma vez por aqui, companheiro (afinal, coisa boa a gente não quer sóumavez, né?).
Seguinte: esse comment é para convidar vc e seus leitores a conheceremo projeto WikiLeaks, que muitos talvez já conheçam por conta de uma reportagem no JN de ontem, na Globo.
Visitem o link http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikileaks.
Vcs se surpreenderão.
Dessa Belém em clima de Natal vai meu abraço paraônico e votos de Feliz Natal para everybody.

Anônimo disse...

"O homem é uma inveção recente, cujo fim está próximo" Michel Foucault". Ao assistir o vídeo: "O Buraco no Muro", suscitou-me algumas reflexões: primeiramente, (não querendo fazer qualquer desqualificação do vídeo supracitado) penso que a inclusão social, educacional, cultural, geral, etc..., precede a inclusão digital; outra idéia que imediatamente surgiu foi a relação das crianças com a máquina, pois creio não ser muito diferente se fizessemos a mesma experiência com outros primatas, exemplifico: chimpazens em um muro de zoológico;
assim, sociedades com o grau de miserabilidade como a retratada no vídeo, a brasileira e outras do chamado "terceiro mundo", inclusão digital é muito pouco para que as mesmas atingiam um grau mínimo de emancipação.
Julio Cesar Chevalier de Castro
victorhugocastro@bol.com.br

Anônimo disse...

Parabéns Luiz!
Adorei o Filme "O Buraco no Muro"
Ele demonstra o quanto as crianças são curiosoas e aprendem com facilidade.
Também vejo o filme como uma amostra de inclusão digital,esta ferramenta aproxima as pessoas mesmo longe uma das outras. Ela abre as postas para o mundo do conhecimento, quando bem utilizados. E principalmente na inovação do cotidiano escolar.
Parabéns, equipe GETEI.
Adorei!

Mídias na Educacão Especial disse...

NTE-Quilombo!

Educação e Inclusão disse...

Parabéns pelos 3 anos do blog, e parabéns pela iniciativa, só os profissionais que fazem a diferença é que se encorajam a postar suas experiências.

Parabéns e continue na luta...

Anônimo disse...

olá...
Gostei e achei significativo o video.Parabéns pela iniciativa do empresário que além de oferecer uma ferramenta atual que desperta a curiosidade da criançada, também traz conhecimento.A intencionalidade do empresário mostra que o ser humano interagindo com o objeto desperta-o para a era digital incluindo-o na busca do desconhecido. Independente da cultura é preciso que a humanidade se sensibilize e ofereça oportunidades. Só assim,poderemos afirmar que o ser humano vive e aprende o que oferecemos. As mudanças acontecem quando se proporciona intenções que venha contribuir com a formação intelectual e social do cidadão.
um abraço da DONNA ELMA

Natania Nogueira disse...

Três anos... o tempo passar bem rápido. Há três anos eu comecei meu primeiro blog. Parece que foi ontem. Espero que seus três anos tenham sido tão recompensadores quanto os meus e vamos nos preparando para mais três.
:-)
Abraços!

Mídias na Educacão Especial disse...

Parabéns a Equipe da GETEI, Estes Guris fazem um exelente trabalho em parceria com os NTES. Em especial quero agradecer o espaço disponibilizado para o NTE de Quilombo.Assim podemos demonstrar um pouco do trabalho realizado pelas escolas da região Oeste de SC.
Valeu,e mais uma vez, parabéns que vocês tenham muitos outros aniversários para comemorar com a gente.
Um super abraço!
NTE- Quilombo-sc

Ana Paula Zarpelon disse...

Olá Luiz,

obrigada pelo convite, seu blog é excelente! Voltarei mais vezes e espero que eu possa contribuir com algo!

Abraços!

Ana Paula Ruggini Zarpelon
http://alfabetizacaoconsciente.blogspot.com/

Anônimo disse...

Olá Luiz,lhe parabenizo pelo excelente trabalho no assessoramento dos NTEs. Acredito que, seguindo a teoria da aparência, o aparelhamento das escolas públicas catarinenses está em boa vantagem em relação aos índeces nacionais. Percebo nas fotos dos sítios de educação que nunca estivemos em um nível como o atual. Entretanto, agora as necessidades são outras, percebe-se que não basta ter belas escolas com material didático abundante se o educador subutilizar estes recursos. A "bola da vez" é investir na qualificação destes profissionais, cruciais no desenvolvimento social. Cito como exemplo o projeto "mídias e inclusão social na educação social" idealizado pela Professora Jussani Derussi, pois demonstra que ferramentas podem ser postas a serviço da educação, produzindo resultados positivos mesmo onde as dificuldades sào acentuadas.
Um grande abraço.
FABIANO DERUSSI
Advogado - Chapecó/SC

cybelemeyer disse...

Olá meu amigo,

Estive ausente porém sempre em sintonia!
Parabéns pelo terceiro ano do Cultura na Rede que é um marco para todos nós.
Falar sobre a reportagem do Buraco no Muro é comemorar em grande estilo.
Desejo +3+3+3+3.... anos de vida para o Cultura na Rede e que possamos comemorar sempre conectados.
beijinhos com carinho

Caminhante disse...

parabéns, adorei conhecer esse espaço!! parabéns pelo incentivo a cultura, precisamos alimentar as crisnças não só com alimentos mas com idéias, pois se educarmos as crianças não precisariamos ter cadeias...

o videio é impressionante e mostra que tudo é questão de OPORTUNIDADE
é apenas isso que as pessoas precisam, pois todas são capazes...
parabéns pelos 3 anos e que venham muitos mais de incentivo e cultura!!

Abraços!

Anônimo disse...

Parabéns a toda equipe, e em especial ao NTE de Quilombo - SC pelo trabalho desenvolvido com os alunos de Ed. Especial, pois somente quem tem um olhar diferenciado e profissional á respeito do assunto, sabe das dificuldades encontradas para realizar um ótimo trabalho, considerado as limitações dos alunos em relação à sociedade e ao professor, bem como as dificuldades da sociedade e do professor em relação às necessidades desses alunos.
Acredito que o trabalho desenvolvido com tais alunos tenha os proporcionado, alem de conhecimento um grande prazer, por se sentirem valorizados perante a mídia, que é hoje um dos maiores meios de comunicação, acessível por poucos.
Jusiane May\ Ass. Social - Quilombo SC

Jenny Horta disse...

Que bom que nos reencontramos!! Parabéns pelo aniversário do Blog. Veja como é a vida, também "perdemos contato" as vezes mesmo no mundo virtual! O mais importante é não perdermos os amigos na lembrança!
Um grande 2011 para você e todos os seus.

Ensino Trakinas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ensino Trakinas disse...

Ola Luiz.Parabéns pelo 3°ano do Cultural na rede.
E parabens tambem pelo video "O buraco no muro" é um video que chama muita atenção primeiro pela iniciativa de se colocar computadores para que crianças podem ter acessoa tecnologia e assim conhecer o mundo mesmo pela internet,e a outra é que essas criancas carentes estao tendo uma oportunidade de um aprendizado melhor com informacoes e conhecimentos que são essenciais para a formação dessas pequenas criancas.

Neusa Maria disse...

Olá Luiz. Vim retribuir a visita e fiquei aqui um tempão apreciando suas postagens.Parabéns pela dedicação e pelo blog.Há me tornei seguidora dele.
Abraços virtuais.
Neusa Maria

Gisele Marinho disse...

Oi Luiz, Parabéns pelo Aniversário do Cultura na Rede. A possibilidade de comunicação virtual "deveria" estar ao alcance de todos, independente de classe social .
Desenvolver o raciocínio estimulado pelas redes virtuais, tendo acesso as notícias sem sair de casa,não precisaria ser tratado como experimento e sim como inclusão para todos.
Abraços

gilberto nicolai disse...

Olá Luiz. Parabéns pelos 3 anos de sucesso do Cultura na Rede. A cultura precisa se difundida e voce achou um caminho ótimo, tendo as tecnologias como ferramenta. Aproveito para desejar para você um excelente ano de 2011 e que o seu blog faça cada vez mais sucesso e que seja cada vez mais divulgado. Abração

Blog da Marjane disse...

Obrigada pelos votos de feliz ano novo e parabéns pelo Blog!
Um grande abraço!

Mônica disse...

Luiz, Parabéns pelo 3º ano do seu blog. Ele realmente tem posts interessantes.
Me faz lutar para ir adiante com o meu blog.

beijos
felicidades!!!

SALTO PARA O FUTURO/ SC disse...

Parabéns,Luiz! Pela garra, determinação e provocação! (me venceste)E também pelo trabalho desenvolvido. Vá em frente para comemorar muitos e muitos aniversários com este trabalho excelente! Quanto ao vídeo, sensacional!, mostra - nos o quanto ainda temos a fazer, não é mesmo?
Abraços! Glemonj

Licia disse...

Olá amigo>
Parabéns pelo 3° ano do Cultura na Rede. Desejo que o sucesso continue crescendo cada dia mais. Felicidades...
abraçosd virtuais
Lícia